Quatro integrantes da torcida organizada Galoucura foram presos em flagrante suspeitos de espancar um membro da Máfia Azul. A agressão aconteceu na tarde desta segunda-feira (29) nos arredores na Rodoviária de Belo Horizonte, no Centro de Belo Horizonte. Outros quatro agressores conseguiram fugir e estão sendo procurados.
 
Conforme o inspetor Borges, uma viatura da Guarda Municipal chegava no terminal rodoviário, para realizar patrulhamento no local, quando os agentes viram o tumulto. "Presenciamos cerca de oito suspeitos saído de cima da vítima. Quando os autores viram a viatura, saíram correndo", contou.
 
A vítima, segundo o inspetor, recebeu socos e pontapés no rosto e cabeça. Contudo, o integrante da Máfia Azul recusou atendimento médico. Após os primeiros atendimentos a vítima, os agentes da Guarda Municipal solicitaram reforço, fizeram rastreamento na região Central da capital e localizaram quatro dos suspeitos.
 
Dois foram reconhecidos. Todos os envolvidos foram levados para a 6ª Companhia do 1º Batalhão da Polícia Militar e, posteriormente, serão encaminhados para a Central de Flagrantes (Ceflan), onde a ocorrência será registrada.
 
Nem os suspeitos nem a vítima foram ouvidos pela polícia e, por isso, a motivação do crime ainda é desconhecida. O inspetor Borges informou que dois dos suspeitos já haviam sido detidos pela Guarda Municipal.
 
O caso será investigado pela Polícia Civil.