Há três semanas em greve, servidores da Prefeitura de Belo Horizonte decidem nesta terça-feira (9), os rumos do movimento. A assembleia está agendada para às 9h, na Praça da Estação, no Centro da capital.
 
Segundo o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Belo Horizonte (Sindibel) afirma que PBH se recusa a negociar com a categoria mantendo a proposta de “reajuste zero”.
 
A PBH nega a falta de diálogo e desmente o “reajuste zero”. A Secretaria Municipal Adjunta de Recursos Humanos afirma que fará uma "proposta compatível com a realidade financeira do município" e que há queda de arrecadação na prefeitura.