Um dona de um restaurante, localizado no bairro Industrial, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), foi encontrada morta, amordaçada e com o pescoço cortado em seu próprio ponto comercial, na manhã desta quinta-feira.

Segundo a Polícia Militar (PM), a vítima, Maria Wilma Pereira Marques, de 60 anos, foi vista pela última vez, por volta das 13h de ontem, por uma funcionária, que teria combinado de encontrá-la novamente às 9h da manhã. Ao chegar no estabelecimento, ela encontrou as duas portas laterais do restaurante abertas e a patroa morta.

A funcionária informou à PM que Maria iria passar na casa do filho após o fechamento do restaurante. A corporação entrou em contato com ele, que negou ter encontrado com a mãe.

Parentes não souberam informar se pertences foram levados do estabelecimento. De acordo com vizinhos e familiares, a vítima não tinha nenhum desafeto, que motivasse o crime. 

Nas proximidades, há sistema de vigilância por câmeras. As imagens ainda serão analisadas pela Polícia Civil para tentar identificar o assassino. A ocorrência foi encaminhada para a 7ª Delegacia Especializada em Homicídios.