Um assassinato seguido de suicídio comoveu a população de Pouso Alegre, região Sul de Minas, na manhã deste sábado (25). João Batista Dias, de 47 anos, matou a companheira, Cláudia Aparecida de Castro, 45, durante bate-boca e agressões. O crime aconteceu na residência de João Batista, localizada na avenida Olavo Gomes de Oliveira, no bairro Inconfidentes.
 
Segundo a Polícia Militar (PM), os vizinhos avistaram o corpo do homem pendurado por uma corda presa no caibro do telhado da cozinha. Chegando ao local, os militares encontraram também o corpo da mulher caído no chão, de barriga para baixo.
 
A perícia constatou que, após luta corporal, Cláudia Aparecida foi assassinada com uma marretada na cabeça. Em seguida, o autor do crime se enforcou. Uma faca suja de sangue foi encontrada na mesa do cômodo. Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico-Legal (IML) de Pouso Alegre.