Agentes de combate a endemias (ACE) e agentes comunitários de saúde (ACS) da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) votaram pela continuidade da greve que já dura 37 dias. A assembleia foi realizada na manhã desta segunda-feira (9). Após a votação, os grevistas realizaram uma passeata no Centro da capital, complicado o trânsito por onde passavam.
 
A manifestação partiu da Praça da Estação, em direção à Praça Rio Branco, e depois se dispersaram. Eles reivindicam o pagamento do Piso Salarial Nacional da categoria e a inclusão no Plano de Cargos, Carreiras e Salários da Saúde. 
 
Segundo o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Belo Horizonte (Sindibel), Israel Arimar, até o momento está mantido os pontos de negociação dos Agentes Municipais de Saúde com a prefeitura.