Nos quatro primeiros meses deste ano, 9.891 buracos em 1.284 ruas da região centro-Sul de Belo Horizonte foram tampados pela prefeitura. No total, foram utilizados mais de 1,8 mil toneladas de massa asfáltica para cobrir as cavidades. 
 
De acordo com a secretária regional adjunta Centro-Sul, Nilda Maria Xavier Pires, além da chuva, outra causa da abertura de buracos é o grande fluxo de veículos. “As vias não foram dimensionadas para receber esse número significativo de carros, ônibus e caminhões que circulam na capital, em virtude do próprio desenvolvimento da cidade. Por isso há prejuízo no pavimento. Para evitar essa deterioração, a administração municipal tem recapeado diversas ruas, sobretudo onde há tráfego intenso de coletivos", disse
 
Para a secretária, o serviço de tapa-buraco aumenta a vida útil dos pavimentos.