Mil mudas de Pau Brasil, Ipê, Copaíba e outras espécies foram distribuídas neste domingo (8) no Parque Municipal de Belo Horizonte. Foi a terceira edição do movimento Replante Grande BH, da Sociedade dos Amigos do Boi Rosado que, neste ano, já distribuiu 3 mil mudas para a população.
 
O objetivo, segundo o criador da Sociedade, Severino Iabá, é garantir a sobrevivência de espécies vegetais e incentivar a preservação da natureza. “Queremos associar cultura e meio ambiente, pois frear a degradação da natureza é uma urgência planetária”, afirma.
 
As mudas foram distribuídas ainda “bebês”, com poucos meses de vida, para se adaptarem com mais facilidade aos novos ambientes. Elas foram plantadas por alunos de escolas parceiras do projeto, batizado de Eco Cidadania.
 
Os novos donos receberam orientações gerais sobre as espécies e dicas de como plantá-las adequadamente. O ideal, conforme Severino, é escolher um local de tamanho adequado ao porte da árvore, e delimitar o espaço de crescimento
 
A professora Simone Alves, de 47 anos, vai levar para a cidade natal, Varzelândia (Norte de Minas Gerais), mudas de Pau Brasil e Copaíba, que serão plantadas num sítio. “É importante preservar a natureza, pois nós dependemos dela, e não o contrário”, ressalta.
 
A pequena Samira Martins Marcos, de 7 anos, mostrou que sabe a importância dos recursos naturais para a vida no planeta. Ela vai plantar no quintal de casa, no bairro Paraíso, região Leste de BH, uma muda de Ipê Rosa. “Quando eu crescer ela estará enorme”, disse.
 
A meta da Sociedade dos Amigos do Boi Rosado é chegar às 5 mil mudas doadas, até o ano que vem. A próxima distribuição acontece em junho, na Semana do Meio Ambiente.