Pelo menos até o fim de semana, a previsão é de mais chuva em todo o Estado. Em algumas cidades, os ventos poderão superar 50 km/h. Nesta quarta, o temporal que atingiu Belo Horizonte e a região metropolitana por quase 30 minutos causou diversos transtornos no trânsito e derrubou árvores. Alguns bairros da Pampulha, de Contagem e Betim ficaram sem energia elétrica.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, ventos de até 52 km/h e o grande volume de água levaram à queda de pelo menos cinco árvores.

O caso mais grave foi na avenida Afonso Pena, esquina com a rua Guajajaras, no Centro de BH. Uma árvore de grande porte que ficava no canteiro central caiu sobre um táxi. Ninguém se feriu. O trânsito no sentido Centro/Mangabeiras ficou parcialmente interditado, e duas faixas da pista precisaram ser bloqueadas para a retirada dos galhos.

Os outros registros de queda de árvore foram nos bairros Santo Agostinho e Belvedere, na região Centro-Sul de BH, e em Betim, na região metropolitana.

Pancadas

Segundo o meteorologista Heriberto dos Anjos, do Centro de Climatologia TempoClima PUC-Minas, a tendência é a de que ocorram pancadas de chuva principalmente nas regiões Sul, Norte e Central de Minas e na Zona da Mata até sábado.

Mesmo com a chuva, o calor deve continuar. Na quarta-feira, antes do temporal, a temperatura atingiu 27°C, mas caiu para 19°C após a chuva.