Douglas da Silva Rocha, de 21 anos, suspeito de matar o comparsa Nilson Santiago Marques da Cruz, 23, em maio do ano passado, foi preso na última segunda-feira (25), no bairro Paulo VI, região Nordeste de Belo Horizonte.

As investigações apontam que os dois homens praticaram um roubo juntos, em 2011, mas apenas Douglas foi preso. Da cadeia, ele mandava cartas para Nilson pedindo que o amigo arrumasse um advogado para
soltá-lo. Como o colega não cumpriu o pedido, Douglas jurou vingança.
 
Após sair da prisão, Douglas cumpriu sua promessa e matou Nilson com disparos de arma de fogo. Ele será apresentado nesta quinta-feira (28), às 10h, no Departamento de Investigações de Homicídios de Proteção à Pessoa.