O cavaleiro Yuri Mansur é o primeiro finalista da delegação brasileira de hipismo na Olimpíada de Tóquio (Japão). O paulistano, de 42 anos, se classificou na madrugada desta terça-feira (3) à final dos saltos, que ocorrerá às 7h  desta quarta-feira (4), no Parque Equestre, na capital japonesa. 

“Foi muito bom, tive tranquilidade no percurso. A única dúvida que eu tinha era no triplo e tomei a decisão certa. Meu cavalo (QH Alfons Santo Antonio) saltou bem em todo o percurso. Ele estava assustado quando fui perto do primeiro obstáculo. Ele é um cavalo sensível, só que é muito valente e dá o máximo dele, sempre”, disse Mansur em depoimento ao Comitê Olimpico do Brasil (COB).

Yuri Mansur

O cavaleiro Yuri Mansur é o primeiro finalista da delegação brasileira de hipismo na Olimpíada de Tóquio (Japão)

A competição contou também com o cavaleiro maranhense Marlon Zanotelli, de 33 anos,que ficou bem perto da classificação com o cavalo VDL Edar, mas cometeu uma falta e não avançou. O torneio individual de saltos reuniu 73 atletas e  apenas os 30 primeiros colocados lutarão por medalhas. 

Disputa por equipes

Às 7h de sexta-feira (6) começa a etapa qualificatória da competição dos saltos por equipes. O Brasil será representado por Rodrigo Pessoa (com o cavalo Carlitos Way) e Pedro Veniss (Quabri de L’isle), além de Yuri Mansur e Marlon Zanotelli.  Quem se classificar, fará a final no sábado (7), às 7h. 

Leia mais:
Alison e Álvaro buscam vaga nas semifinais do vôlei de praia em Tóquio
Ana Marcela, da maratona aquática, luta por medalha nesta terça