O boxe olímpico brasileiro já tem definidos os adversários na Olimpíada de Tóquio (Japão). O país será representado por sete atletas e três deles foram confirmados como cabeças de chave Jucielen Romeu (57 quilos), Beatriz Ferreira (60 kg) e Hebert Conceição (75 kg). 

O país tem chances reais de pódio em Tóquio 2020. Atual campeã mundial, a baiana Beatriz Ferreira, também conhecida como Bia, lidera o ranking da Associação Internacional de Boxe (Aiba). A pugilista peso leve estreará nas oitavas de final contra a vencedora do embate entre Wu Shih-Yi (Taiwan) e Agnes Alexiusson (Suécia) O duelo será às 5h (horário de Brasília) na próxima sexta-feira (30). Todos os combate da modalidade serão realizados na Ryōgoku Kokugikan, também batizada de Ryogoku Sumô Hall, onde tradicionalmente ocorrem as lutas de sumô na capital japonesa. 

Beatriz

Atual campeã mundial, a baiana Beatriz Ferreira, também conhecida como Bia, lidera o ranking da Associação Internacional de Boxe (Aiba)

Natural de Rio Claro (SP), Jucielen Romeu, de 25 anos, será a primeira brasileira nos combates femininos no ringue olímpico. Medalha de prata em 2019 nos Jogos Pan-Americanos de Lima (Peru) e estreante nos Jogos, a peso pena brasileira lutará às 7h39 da  próxima segunda (26). A adversária será a ganhadora do confronto entre Karriss Artingstall (Grã-Bretanha), ou Keamogestse Sadie Benosi (Botswana). 

Também cabeça de chave, o baiano Hebert Conceição, de 23 anos, medalha de ouro na Olimpíada Rio 2016, terá pela frente nas oitavas quem vencer o combate entre Ashish Kumar (Índia) e Erbieke Thuoheta (China). O pugilista, que em 2019 faturou a prata no Pan de Lima e bronze no Campeonato Mundial de Ecaterimburgo (Rússia) estreia às 5h da próxima quinta (dia 29). 

Primeira estreia do Brasil

O pugilista Wanderson de Oliveira (67 kg) será o primeiro brasileiro a estrear na modalidade nos Jogos de Tóguio. O carioca, de 24 anos, fará sua primeira luta às 7h06 deste domingo (25), contra Wessan Salamana, atleta da Síria que integra a Equipe Olímpica de Refugiados. 

Paulista de Osasco, o peso-pesado Abner Teixeira, 14º no ranking mundial na categoria até 91 kg, terá pela frente um desafio e tanto logo na estreia na próxima terça (27), às 6h18: ele enfrentará Cheavon Clarke (5º), da Grã-Bretanha.

Keno

Na madrugada de quarta (28) será a vez do meio-pesado Keno Marley, de 21 anos, número 7 do mundo na categoria até 81kg, pisar no ringue olímpico pela primeira vez

Programação

Domingo (25)

7h06 - Wanderson de Oliveira x  Wessan Salamana (Equipe Olímpica de Refugiados) - categoria 67 kg

Segunda (26)

7h39 - Jucielen x vencedora (Karriss Artingstall/Grã-Bretanha x Keamogestse Sadie Benosi/Botswana) - cateogoria 57 kg

Terça-feira (27) 

6h18 - Abner Teixeira x Cheavon Clarke (Grã-Bretanha) - categoria 91 kg

Quarta-feira (28)

2h12 - Keno Marley x vencedor (Shabbos Negmatulloev/Tajiquistão) e  Daxiang Chen/China) - categoria 81 kg

Quinta-feira (29)

5h - Hebert Conceição x vencedor (Ashish Kumar/Índia) x Erbieke Thuoheta/China) - categoria 75 kg

7h24 - Grazielli x  vencedora de Tsukime Namiki/Japão x Catherine Nanziri/Uganda) - categoria 51 kg

Sexta-feira (30)

5h - Bia Ferreira x  vencedora (Wu Shih-Yi/Taiwan x Agnes Alexiusson/Suécia) - categoria 60 kg

Leia mais:
Olimpíada: Ane Marcelle se classifica como 33ª no tiro com arco
Webinário discute importância da educação física no ano da Olimpíada