Depois de ter seu posto ocupado por André Lotterer no GP da Bélgica, Kamui Kobayashi foi confirmado como titular da Caterham no GP da Itália, que será disputado no próximo domingo. O japonês, no entanto, não era a primeira opção da equipe para a prova italiana.

A primeira intenção da Caterham era promover a estreia de Roberto Merhi, porém o espanhol só foi liberado para participar do primeiro treino livre por ordens da Federação Internacional de Automobilismo, que vetou sua participação na prova alegando que seria arriscado deixá-lo estrear na pista mais rápida da categoria.

Com Merhi, que atualmente disputa a World Series, podendo participar apenas da primeira atividade, a escuderia novamente entrou em contato com Lotterer, que não aceitou o convite por ter de dividir o cockpit durante uma das atividades.

Mesmo sem ser a primeira opção da Caterham, Kobayashi não se mostrou incomodado com a indefinição e garantiu foco na 13ª corrida do Mundial.

"Estou trabalhando para a Caterham e sempre respeito as decisões do time. Agora eu estou de volta no carro e ansioso para voltar a correr. Nós trabalhamos duro como um time e também melhoramos a performance do carro com novas atualizações desde que guiei na Hungria antes da pausa de verão, então estou ansioso para ver essas atualizações na pista aqui em Monza", afirmou o japonês.