O ex-diretor-geral do Cruzeiro, Sérgio Nonato (Serginho), foi hostilizado em um bar do bairro Carlos Prates, na região Noroeste de Belo Horizonte, na noite dessa quarta-feira (15). Segundo o boletim de ocorrência feito pela Polícia Militar, oito pessoas tentaram agredir o ex-dirigente da Raposa. 

Serginho foi obrigado a se retirar do local para evitar as agressões físicas. A ocorrência foi encerrada na 3ª Delegacia Noroeste. 

“Solicitante informa que se encontrava na rua Passos esquina com rua Bom Sucesso, e que em dado momento um grupo de cerca de oito indivíduos começaram a hostilizá-lo e tentaram agredi-lo fisicamente. Diante da situação, a vítima se retirou do local e, temendo futuras agressões, efetuou este registro", diz o boletim de ocorrência”, informa o boletim. 

Cruzeiro


Serginho era um dos homens fortes na gestão de Wagner Pires de Sá. O ex-diretor geral é investigado pelo Ministério Público e Polícia Civil por possíveis irregularidades no clube, como lavagem de dinheiro.