O atacante Leandro Damião até ensaiou um início promissor no Cruzeiro. Depois de uma temporada marcada por mais baixos do que altos no Santos, no ano passado, o atacante chegou à Toca da Raposa II com um discurso de volta por cima com a camisa azul. O bom desempenho no Campeonato Mineiro e na Libertadores deixou a impressão de que a promessa seria cumprida.

Dez meses depois, no entanto, o atacante caminha para uma reta final de temporada marcada por incertezas. Embora seja artilheiro do Cruzeiro na temporada com 16 gols, no Brasileirão, o jogador não vive um bom momento, Nos 14 jogos que disputou na competição deste ano, ele marcou apenas duas vezes, na vitória por 3 a 1 sobre o Vasco, em São Januário, na sétima rodada.

O baixo rendimento no Cruzeiro provoca dúvida sobre a permanência do centroavante na Toca da Raposa II. Damião tem contrato com o clube até o final da atual temporada, Depois terá que retornar ao Santos, pois tem mais três anos de vínculo com o Peixe.

Sua contratação, avaliada em R$ 42 milhões, foi a mais cara da história do clube da Vila Belmiro, o que deixa ainda mais improvável sua permanência. Questionado sobre seu futuro, o jogador garante que não está preocupado com a situação. “Vamos esperar o fim do ano. No momento eu quero ajudar o Cruzeiro”, disse o jogador.