O Atlético começou a temporada com quatro competições previstas no calendário, mas, já em fevereiro, o clube se despediu de um torneio. A eliminação da Copa Sul-Americana, na primeira fase, para o Unión Santa Fé, da Argentina, deixa lições para o elenco alvinegro. 

“Que a gente possa levar com seriedade todos campeonatos. A gente tem a Copa do Brasil, mais na frente o Mineiro, a semifinal e a final. Temos que levar com seriedade desde o primeiro segundo (de jogo)”, destacou o goleiro Michael. 

Atlético

Apesar da eliminação da Copa Sul-Americana, na última quinta-feira (20), a vitória por 2 a 0 sobre a equipe argentina deixou uma boa impressão e, segundo os próprios jogadores, servirá de base técnica para o restante da temporada. 

“A gente não pode ser menos do que a gente fez (contra o Unión Santa Fé). Temos que manter essa postura, jogar com vontade e raça. A gente fez um grande jogo e não pode deixar cair. É daqui pra melhor”, disse o lateral-esquerdo Guilherme Arana. 

As lições devem ser tiradas rapidamente, já que o próximo compromisso é decisivo. Na quarta-feira (26), às 21h30, o Galo enfrentará o Afogados, em Pernambuco, pela segunda fase da Copa do Brasil. Para avançar, o time alvinegro precisa vencer o duelo. Se a partida terminar empatada, a vaga será decidida nos pênaltis.