O venezuelano Rômulo Otero tenta reencontrar o bom futebol com a camisa do Atlético. Desde o retorno ao clube, no final de junho, o armador não havia feito uma boa exibição pelo Galo. 

O ponto de partida para a recuperação pode ter sido o jogo contra o Ceará, no último domingo (29), no Independência. O venezuelano, que entrou no lugar de Chará ainda no primeiro tempo, marcou o primeiro gol do Atlético na partida e foi crucial para a virada sobre os cearenses na vitória por 2 a 1. 

“Estou contente pela minha atuação neste jogo. Eu não estava 100% na parte física. Acredito que estou bem melhor do que naquela época e espero ter mais participação dentro de campo para ajudar meus companheiros, como eu fiz”, destacou Chará. 

Com a lesão de Chará, que se recupera de uma lesão muscular, Otero pode ter uma sequência entre os titulares. A tendência é que o jogador comece jogando contra o Vasco, nesta quarta-feira (2), às 19h15, no Independência, em partida remarcada da 21ª rodada. Para permanecer na equipe, o venezuelano tem feito um trabalho especial de condicionamento físico.

“Estamos treinando bem, estou bem melhor. Você pega ritmo jogando, entrando. Acho que terei um pouco mais de participação, não só porque o Chará machucou. Acho que estou melhor do que antes. Depende do treinador. Se ele me colocar ou não, vou apoiar o time do mesmo jeito”, disse.  

Desde o retorno ao clube, Otero fez cinco partidas como titular, mas não permaneceu em campo durante todo o jogo em nenhuma das oportunidades.