As últimas horas de férias passarão rápido. Descansar continua sendo a atividade prioritária na mente. Entretanto, é impossível não se imaginar trabalhando no Velho Continente. O zagueiro Jemerson voltará da Bahia nesta segunda-feira (4) com três propostas para deixar o Atlético.
 
Aos 23 anos, o jogador pode se tornar o defensor central mais caro do futebol brasileiro. O Atlético, que detém 70% dos direitos econômicos do prata da casa, estuda negociá-lo pelo preço de 10 milhões de euros. Se este valor correponder apenas à fatia pertencente ao clube mineiro, o atleta custaria cerca de 14,2 milhões de euros. 
 
Este valor venceria a soma que o Bayern de Munique desembolsou para ter Breno, do São Paulo. Na época, a promessa de 18 anos (que não vingou e teve problemas criminais na Alemanha) foi vendida por 12 milhões de euros. Abaixo de Breno estão as negociaçãos de Alex, do Santos ao Chelsea, e Edmilson, também vendido pelo São Paulo, ao Lyon. 
 
Mas entre os mais caros, nenhum se deu tão bem na Europa como Thiago Silva. Na transação Fluminense/AC Milan, o ex-capitão da Seleção foi vendido por 10 milhões de euros. 
Lista dos zagueiros mais caros do futebol brasileiro