Atlético

Perto de ser campeão brasileiro, Nacho pode encerrar primeiro ano no Galo com dois títulos nacionais

A eterna comparação entre o futebol brasileiro e argentino foi assunto para Nacho Fernández, meio-campista do Atlético. Como jogador que já vivenciou os dois lados, ele ressalta as diferenças das competições nacionais e afirma que, no Brasil, devido à dificuldade do Campeonato Brasileiro, as equipes são mais competitivas.

“É um campeonato difícil. São muitas equipes com muitos bons jogadores. Joguei na Argentina e as equipes são competitivas, mas me parece que aqui são muito mais”, afirma.

Nacho fez essa afirmação baseado no cansaço físico, na rotina de jogos dos torneios nacionais e na quantidade de bons jogadores.

O Atlético teve uma temporada de muitas competições e chega ao fim do ano como favorito em duas delas: Brasileirão e Copa do Brasil. Assim, são muitas partidas em um pouco intervalo de tempo.

Ainda sobre a Argentina, o camisa 26 não esconde o carinho pelo River Plate, que venceu o Campeonato Argentino na última quinta-feira (25). Feliz com a vitória de seu ex-clube, o meia deseja viver mais uma alegria neste domingo (28), no duelo entre Atlético e Fluminense.

“A vitória do River Plate foi muito especial. Tenho muito carinho por todos e, domingo, aqui, nós podemos dar mais um passo em busca do nosso objetivo”, almeja.

Questionado sobre a boa fase do Atlético e o bom rendimento do time dentro de casa, Nacho Fernández destaca que a sequência atual é impressionante. “Não sei se já disputei um campeonato em um time que é tão forte em casa. No River, éramos fortes em casa, mas não tivemos uma sequência como a do Galo”, conclui.

No Brasileirão, o time alvinegro possui mais de 90% de aproveitamento como mandante. Diante do Fluminense, neste domingo, às 16h, o Galo vai em busca de sua 15ª vitória consecutiva no Mineirão.

 

Leia mais:
Kayzer tem lesão no ligamento do tornozelo e pode desfalcar o Athletico-PR em final contra o Galo