Cruzeiro

Um dia depois da última partida do Cruzeiro pela Série B do Campeonato Brasileiro deste ano, a Raposa confirmou a renovação do contrato do técnico Vanderlei Luxemburgo. O novo vínculo com Luxa vai até o fim de 2022.

Em comunicado feito por meio da TV Cruzeiro, o treinador reitera o objetivo de levar o clube à Série A no ano que vem e admite que pode encerrar a carreira como comandante dos celestes.

"É uma coisa que eu queria (a renovação). Vim com o objetivo de levar o Cruzeiro para a Primeira Divisão, trabalhamos bastante, mas não conseguimos. Nos jogos importantes não avançamos. Então, a renovação do contrato foi importante para que, no ano que vem, eu possa colaborar com a comissão técnica, jogadores e todos os profissionais no Cruzeiro e irmos para a Primeira Divisão”, afirma.

“É um projeto. E pode ser até para eu encerrar a carreira, talvez no Cruzeiro. Já ganhei tanto campeonato, pode ser que aconteça mais, como subir e ganhar o campeonato (Série B)”, complementa.

Luxa não poupa agradecimentos ao clube e se diz na obrigação de cravar seu nome na história celeste novamente. “O clube me deu muita coisa, a Tríplice Coroa (2003). Juntamente com os companheiros, vamos levar o Cruzeiro à Primeira Divisão, onde não deveria ter saído. Seria minha maior conquista nos últimos tempos", diz.

No comando do Cruzeiro, juntando suas três passagens (2002 a 2004, 2015 e a partir de 2021), Luxemburgo soma 149 partidas, 82 vitórias, 36 empates e 31 derrotas.

Leia mais: 
Carinho da torcida, homenagens e abraço do ‘Príncipe’: as despedidas de Sóbis e Cabral
Presidente do Cruzeiro diz que o clube deve virar SAF na próxima semana
Salários, transfer ban e Luxemburgo: Sérgio Rodrigues fala das prioridades do Cruzeiro