O técnico Vanderlei Luxemburgo deu o recado à diretoria do Cruzeiro: “a melhor contratação para a próxima temporada é o transfer ban”. Ele se refere ao fato de que a Raposa não pode registrar reforços enquanto não se livrar do transfer ban imposto pela Fifa. O clube teria que pagar cerca de R$ 14 milhões de dívida para ir ao mercado em busca de contratações para a próxima temporada.

"O Cruzeiro tem que entender que o mercado é muito ágil, muito rápido. As coisas acontecem numa velocidade muito grande. Macarrão se come quente, se esfriar é muito ruim. A melhor contratação é o transfer ban. Senão, não dá para pensar em temporada alguma”, enfatizou em sua entrevista coletiva, após o empate em 1 a 1 com o Sampaio Corrêa, nessa quinta-feira (18).

De acordo com ele, “o pagamento e o planejamento já estão prontos”, faltando agora o Cruzeiro quitar as dívidas em negociações feitas em 2015, durante a gestão Gilvan de Pinho Tavares, envolvendo Arrascaeta e Riascos.

"É a possibilidade de montar uma equipe de Primeira Divisão disputando a Segunda. Temos que ter esse transfer ban muito rápido para agilizar, contratar um time de Primeira Divisão e disputar a Segunda como ela é", disse.

Cruzeiro

Com relação à continuidade de seu trabalho na Toca, Vanderlei Luxemburgo acena para um desfecho de renovação com a Raposa. “Estamos caminhando e caminhando muito bem. Será uma coisa a ser resolvida com tranquilidade”, afirmou.

Leia  mais:
Jean Victor valoriza empate e fala em 'acabar bem' a Série B
Com o 1 a 1 no Maranhão, Cruzeiro chega ao seu 17º empate na Série B do Brasileiro
Jogadores do Cruzeiro entram em campo com camisas com os dizeres 'risque o racismo'