Restando cinco jogos para o fim do Campeonato Brasileiro, o América tem seus objetivos bem claros nesta reta final de competição.

Os 45 pontos na tabela, alcançados após o empate em 0 a 0 com o Atlético-GO, na última quarta-feira (17), no Independência, deixam o Coelho muito próximo de alcançar a principal meta da atual temporada: a permanência na elite do futebol brasileiro.

De acordo com o site Probabilidades no futebol, desenvolvido pelo Departamento de Matemática da UFMG, o Alviverde tem apenas 0,048% de chances de cair para a Série B.

Vale lembrar ainda que, desde 2006, quando o Brasileirão passou a ser disputado por 20 equipes, apenas em 2009, a pontuação atual do América não foi suficiente para sacramentar a permanência na Série A. Na ocasião, o Coritiba terminou a disputa com 45 pontos, na 17ª colocação, com um ponto a menos do que o Fluminense, primeiro time fora do Z-4.

Competições internacionais

Com o baixo risco de rebaixamento, a classificação para uma competição internacional pela primeira vez em sua história é realidade no Coelho.

De acordo com os matemáticos da UFMG, o Alviverde é o time com mais chances de se classificar para a Copa Sul-Americana no momento, com 77,5% de probabilidade.

Lembrando que o regulamento do Campeonato Brasileiro prevê que os times que terminarem entre a 7ª e a 12ª colocações se garantem na próxima edição da Sula.

Entretanto, os desfechos da Copa do Brasil, da Copa Libertadores e da própria atual edição da Sul-Americana, certamente, aumentarão o número de vagas para as competições internacionais via Brasileirão.

Libertadores

Em um objetivo mais ousado, mas atualmente perfeitamente possível, o América está na disputa por uma vaga na Copa Libertadores 2022.

De acordo com o Probabilidades no Futebol, no momento, o time comandado pelo técnico Marquinhos Santos soma 12,6% de chances de disputar a principal competição da América do Sul no ano que vem.

No mesmo cenário citado acima em relação à Sul-Americana, o número de vagas para a Libertadores através da Série A tem enormes chances de aumentar, podendo haver até mesmo um G-9, em vez de um G-6, ao final da disputa.

Nesse cenário, o América, atualmente nono colocado, chegaria ainda mais forte para conquistar o que seria uma histórica vaga para a Liberta.

Os cinco últimos adversários do Coelho neste Brasileirão são: Fluminense (fora), Chapecoense (casa), Bragantino (fora), Ceará (fora) e São Paulo (casa).

Leia mais
América vacila em casa, empata com o Atlético-GO e fica estacionado na tabela do Brasileirão
Todos contra a Importunação Sexual”: Mineirão lança campanha contra o assédio nos jogos