O Atlético bateu na trave contra o Palmeiras. Literalmente! Artilheiro do Galo na Libertadores, com sete gols, Hulk poderia ter sido o herói do jogo novamente, mas perdeu uma penalidade aos 41 minutos do primeiro tempo. Aliás, o aproveitamento dele em pênaltis na competição é de apenas 33,3%.

Em três cobranças, o camisa 7 acertou somente um, nos 2 a 1 sobre o América de Cali, no Mineirão, pela fase de grupos. Nas duas seguintes, chutou na trave: contra o Boca Juniors, na disputa por penalidades, e nesta terça-feira (21), diante do Verdão.

Atlético

Aos 41 minutos do segundo tempo, ele foi substituído, dando lugar a Sasha. Na saída do gramado, mostrou certa irritação, talvez em função de seu desempenho e pelo pênalti desperdiçado, que poderia ter dado a vitória ao Atlético.

A partida de volta será realizada na próxima terça (28), às 21h30, no Gigante da Pampulha. E Hulk, maior artilheiro do Galo no Novo Mineirão, espera fazer valer o status de artilheiro mais uma vez.

Leia mais:
Diego Costa deixa jogo contra o Palmeiras lesionado e se torna preocupação para sequência do Galo
Hulk erra pênalti, e Atlético empata com o Palmeiras no jogo de ida da semifinal da Libertadores