O duelo com o CSA, no domingo (26), às 16h, pela 26ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, será o quarto jogo do Cruzeiro com a presença de torcedores em um estádio nesta temporada. Após contar com a China Azul no Mineirão, no triunfo por 1 a 0 sobre o Confiança, e na Arena do Jacaré, na vitória pelo mesmo placar em cima da Ponte Preta e no empate em 1 a 1 com Operário-PR, a Raposa muda de casa novamente.

Desta vez, o desafio será no Independência, onde os jogadores celestes anseiam que a torcida faça a diferença mais uma vez. É o que destaca o lateral/volante Rômulo.

“Só ver o que a gente fez em campo quando os torcedores estavam presentes. Duas vitórias e um empate, sendo que esse empate seria uma vitória, sob nosso ponto de vista, se não tivesse acontecido aquilo que aconteceu”, disse, referindo-se à polêmica envolvendo o VAR no embate com o Operário, em que a arbitragem anulou um gol de Marcelo Moreno no último lance.

Cruzeiro

Rômulo em ação na Arena do Jacaré, contra o Operário-PR

“Então, realmente a torcida dá um apoio fora do normal, nos ajuda a correr mais, a buscar o gol, a estarmos mais concentrados defensivamente. Que possa ir em grande número, dentro do que é permitido, para nos apoiar como sempre fez”, completou.

Rômulo, por sinal, viu com bons olhos a mudança da Arena do Jacaré para o Independência.

“A Arena do Jacaré é muito legal de se jogar, (a torcida fica) próxima ao campo. E o Independência também. Em relação a isso é muito parecido. As condições no gramado do Independência são infinitamente superiores às da Arena do Jacaré, porque não teve tempo de trabalhar o gramado (em Sete Lagoas). Mas se o campo estivesse bom, também seria bom para jogarmos lá. Creio que a diretoria e a comissão decidiram levar para o Independência pelo fator gramado. E pelo momento de o Cruzeiro não estar perdendo, um gramado de qualidade vai nos ajudar”, comentou.

Leia mais:
Cruzeiro informa lesão de Wellington Nem, mas não coloca prazo para retorno
Novo empate deixa Cruzeiro com menos de 1% de chance de acesso; rebaixamento é improvável
Belletti valoriza empate com o Vasco e exalta missão do Cruzeiro: ‘não vai desistir nunca’