Campeão olímpico, convocado pela Seleção Brasileira principal, em busca de títulos de expressão com o Atlético nesta temporada. Guilherme Arana vive excelente fase no Galo. Merecidamente! O alto nível de atuações em 2020 vem se repetindo em 2021, culminando em reconhecimento de todos os lados.

"Muito feliz. O primeiro objetivo era conquistar a medalha olímpica, feliz em poder dar o título ao Brasil, representar o povo brasileiro, uma satisfação imensa. Logo depois, veio o jogo contra o River, entre duas equipes grandes, e saímos com a vitória. Uma semana muito boa. E grato por tudo que vem acontecendo na minha vida. Agora é aproveitar o máximo possível", afirmou o lateral-esquerdo.

Nesta sexta-feira (13), Arana relatou a alegria dele e da família no momento em que soube que seu nome constava na lista de convocados da Seleção.

"Estava com meu filho, sentado no sofá, acompanhando a coletiva da convocação. Quando escutei meu nome, todo mundo em casa gritou, e meu filho chorou. É uma sensação única, cercado de pessoas que amo. Ainda mais nesta sexta-feira 13, número que tenho tatuado e atuo pelo Galo. Tem me dado sorte de novo", disse.

E daqui para frente? "Quero conquistar mais coisas; trabalho com meus companheiros, sempre buscando melhor performance e brigando por títulos. Se trabalha para vencer, e comigo não é diferente e nunca será", comentou.

Atlético

Leia Mais:
Alegando irregularidade na ação do VAR, Galo apresenta recurso para anular expulsão de Nacho
Arana é convocado para a Seleção e desfalca o Galo no Brasileiro e na Copa do Brasil; veja a lista
Vinda de Diego Costa reitera 'nova política' e 'radar internacional' no Atlético