Convocado pelo técnico Tite, na manhã desta sexta-feira (13), para três jogos da seleção brasileira nas Eliminatórias da Copa do Mundo do Catar, o lateral-esquerdo Guilherme Arana vai desfalcar o Atlético em três partidas.

O Brasil vai encarar Chile, Argentina e Peru entre 2 e 9 de setembro, com os convocados tendo que se apresentar em São Paulo até o dia 29 de agosto.

Com isso, o Galo não vai poder contar com o jogador no duelo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, diante do Fluminense, ainda sem data definida, mas que ocorrerá entre 31/8, 1/9 ou 2/9.

Arana também será baixa nos confrontos com Red Bul Bragantino (29/8) e Grêmio (5/8), nas duas últimas rodadas do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

O substituto imediato de Guilherme Arana no Alvinegro é Dôdo.

Lista pode aumentar

As próximas rodadas das Eliminatórias devem aumentar a lista de desfalques do Atlético para os três jogos citados acima.

Isso porque, Junior Alonso (Paraguai), Savarino (Venezuela), Vargas (Chile) e Alan Franco (Equador), são figuras constantes nas seleções de seus respectivos países.

O Galo ainda não sinalizou se pretende ou não pedir o adiamento de partidas durante o período em poderá ficar sem os jogadores.

Entretanto, em situações anteriores similares, o Alvinegro optou em não fazer a solicitação, temendo um afunilamento maior do calendário no futuro.

A lista

Além de Guilherme Arana, o técnico Tite convocou mais cinco campeões olímpicos para os jogos pelas Eliminatórias: Daniel Alves. Bruno Guimarães, Claudinho, Matheus Cunha e Richarlison.

Outra novidade é o atacante Raphinha, do Leeds, convocado pela primeira vez.

Com seis vitórias em seis jogos, o Brasil lidera as Eliminatórias com 18 pontos e 100% de aproveitamento.

Confira a lista:

Goleiros: Alisson (Liverpool), Ederson (Manchester City) e Weverton (Palmeiras);

Zagueiros: Thiago Silva (Chelsea), Marquinhos (PSG), Éder Militão (Real Madrid), Lucas Veríssimo (Benfica);

Laterais: Danilo (Juventus), Alex Sandro (Juventus), Guilherme Arana (Atlético-MG), e Daniel Alves (São Paulo);

Meio-campistas: Bruno Guimarães (Lyon), Casemiro (Real Madrid), Fabinho (Liverpool), Fred (Manchester United), Claudinho (Zenit), Éverton Ribeiro (Flamengo), Lucas Paquetá (Lyon);

Atacantes: Neymar (PSG), Firmino (Liverpool), Matheus Cunha (Hertha Berlin), Raphinha (Leeds), Gabriel Jesus (Manchester City), Richarlison (Everton), Gabigol (Flamengo).