A contratação do técnico Mozart Santos, ainda no início da Série B, mostrava que o Cruzeiro optava por seguir a linha de aposta nos considerados “treinadores da nova geração”. Assim como Conceição, o atual comandante tem poucos trabalhos em sua ainda curta trajetória na função e chegou ao clube como indicação do diretor de futebol Rodrigo Pastana. Passados pouco mais de 45 dias desde o início do trabalho do técnico, a equipe acumula a amarga sequência de oito jogos sem vencer, somando apenas duas vitórias em 12 jogos, e ocupando a vice-lanterna da Série B. O óbvio aconteceu: Mozart vive um caldeirão de pressão sob o comando da Raposa.

Diferentemente do ano passado, no entanto, o Cruzeiro chega próximo do fim do primeiro turno da Série B sem poder mudar o comando técnico da equipe, pelo fato de Mozart ser o segundo treinador da competição. A troca só poderá ocorrer se o próprio treinador pedir demissão, o que ele descartou por inúmeras vezes, o que não impediu o clube de sondar Vanderlei Luxemburgo.

A procura do Cruzeiro pelo treinador foi confirmada pelo próprio Luxa, em entrevista à Rádio Capital, de São Paulo. De acordo com o técnico, o presidente Sergio Santos Rodrigues e Pedrinho, do Supermercados BH, haviam feito o contato inicial. Dias antes, o diretor de futebol Rodrigo Pastana negou a busca por nomes no mercado, o que caiu por terra após a declaração de Vanderlei Luxemburgo.

Após o empate com o Vila Nova, Mozart Santos foi questionado se existe algum tipo de “guerra fria”, na qual o treinador espera ser demitido enquanto o clube aguarda por um pedido de saída do técnico. Visivelmente incomodado, ele rechaçou, novamente,  

“Respeito a opinião, mas discordo completamente dela. Eu acredito no meu trabalho, por mais que a gente esteja passando por um momento difícil. Acredito na capacidade dos meus jogadores”, enfatizou.

O Cruzeiro volta a campo, na próxima sexta-feira (30), contra o Londrina, às 21h30, no Mineirão. As duas equipes se encontram na zona de rebaixamento da competição, com a diferença que os paranaenses vêm de empate e vitória nas últimas duas rodadas.