O Cruzeiro segue em péssimo momento no Campeonato Brasileiro da Série B. Em um duelo em que abusou de desperdiçar chances de gol, a Raposa empatou em 0 a 0 com o Vila Nova, neste sábado (24), no estádio OBA, pela 14ª rodada da competição.

Com o resultado, a Raposa chegou aos dez pontos, ocupando a 18ª colocação na tabela, dentro da zona de rebaixamento. O time celeste pode cair mais uma posição, caso o Brasil de Pelotas some ao menos um ponto diante do Avaí, neste domingo, no estádio da Ressacada, em Florianópolis.

A igualdade diante do Tigre também marcou o oitavo jogo consecutivo sem vitória da equipe estrelada na Série B. No período, são cinco empates e três derrotas.

O Cruzeiro vai tentar quebrar esse jejum de triunfos na próxima sexta-feira (30), quando vai receber o Londrina, às 21h30, no Mineirão.

No dia seguinte, o Vila, 14º colocado, com 15 pontos, vai enfrentar o Guarani, às 11h, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas.

O jogo

Mesmo com problemas de organização e falhas defensivas, o time comandado pelo técnico Mozart conseguiu criar chances de gol nos dois tempos da partida.

Na primeira etapa, o volante Rômulo acertou uma bomba na trave, após passe de Thiago. O jovem centroavante, inclusive teve pelo menos três oportunidades de balançar as redes, mas não foi eficiente nas finalizações.

No último lance do jogo, Bissoli quase marcou o gol da vitória, depois de receber passe do próprio Thiago e finalizar à esquerda, muito próximo da meta de Georgemy.

Pior ataque do campeonato, o Vila também teve algumas chances de estufar as redes, mas pecou na finalização. Na melhor delas, viu Fábio fazer grande defesa em cabeçada do atacante Henan, no primeiro tempo.

FICHA TÉCNICA

VILA NOVA 0

Georgemy; Xandão, Rafael Donato, Renato Silveira; Lucas Mazetti, Dudu, Renan Mota, Arthur Rezende e Willian Formiga; Alan Grafite (Alesson) e Henan (Pedro Júnior)

Técnico: Higo Magalhães

CRUZEIRO 0

Fábio; Eduardo Brock, Ramon e Rhodolfo; Cáceres, Lucas Ventura (Flávio), Rômulo (Giovanni) e Felipe Augusto; Bruno José (Wellington Nem), Rafael Sóbis (Bissoli) e Thiago.

Técnico: Mozart

DATA: 24 de julho de 2021 (sábado)

LOCAL: Onésio Brasileiro Alvarenga (Oba)

CIDADE: Goiânia (GO)

MOTIVO: 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

ARBITRAGEM: Alexandre Vargas Tavares de Jesus, auxiliado por Thiago Rosa de Oliveira e Lilian da Silva Fernandes Bruno, todos do Rio de Janeiro

CARTÕES AMARELOS: Arthur Rezende (Vila Nova); Thiago, Marcinho e Norberto (Cruzeiro)