O América está próximo de anunciar mais uma contratação para a temporada. Trata-se do lateral-direito Patric, que está livre no mercado após rescindir com o Sport nesta semana.

Aos 32 anos, o jogador acionou o clube pernambucano na Justiça, alegando o atraso no pagamento de salários e outros vencimentos e teve, via tutela antecipada concedida, a permissão para o encerramento unilateral do vínculo com o Leão.

O Hoje em Dia apurou que a negociação entre o Coelho e o lateral está muito perto de ser sacramentada, podendo o anuncio ocorrer ainda nesta sexta-feira (23).

A expectativa, inclusive, é a de que, após a confirmação do acerto, Patric chegue a Belo Horizonte já neste sábado para assinar o vínculo com o Alviverde.

Ainda segundo apuração da reportagem, um fator que pode ser decisivo para o entendimento entre as partes é a vontade de retornar a Belo Horizonte, cidade em que morou por muitos anos, quando defendeu Cruzeiro e especialmente o Atlético, onde atuou até o ano passado. 

Procurado pelo Hoje em Dia, o América, por meio de sua assessoria de comunicação, afirmou que não comenta negociações em andamento. 

A informação sobre o interesse do América no jogador foi divulgada inicialmente pela rádio Itatiaia.

Currículo

Revelado pelo Criciúma em 2006, Patric tem vasta experiência no futebol brasileiro, especialmente na Série A.

A primeira passagem por Minas Gerais ocorreu no segundo semestre de 2009, quando foi contratado pelo Cruzeiro, por empréstimo junto ao Benfica. Entretanto, a trajetória do jogador pela Toca da Raposa foi curta, de apenas dois jogos.

Após ser cedido pelos portugueses ao Avaí, chamou a atenção do Atlético, que o contratou em definitivo no final de 2010. No Alvinegro, permaneceu até 2020, em uma relação de altos e baixos, que contou com empréstimos a vários clubes nesse período. 

Caso acerte com o América, o jogador vai chegar para disputar posição com Eduardo e Diego Ferreira.

Leia Mais:
Prováveis escalações, dúvidas e desfalques de Grêmio e América para o jogo deste sábado
Boxe: com chances de pódio, Brasil tem adversários definidos em Tóquio