O péssimo momento no Campeonato Brasileiro da Série B faz com que o duelo com o Vila Nova, neste sábado (24), às 16h30, no estádio OBA, ganhe contornos decisivos para o atual cenário do Cruzeiro. A vitória em Goiânia pode fazer com que a Raposa suba quatro posições na classificação. Já um revés cria a possibilidade de o time celeste cair para a lanterna da competição.

Na zona de rebaixamento, com apenas 11 pontos, a Raposa ocupa atualmente a 17ª colocação na tabela.  Um triunfo diante do Vila abre a chance de os azuis subirem para a 13ª posição, atualmente ocupada pelo próprio time goiano.

Para isso, a equipe comandada pelo técnico Mozart também precisaria contar com tropeços de Brasil de Pelotas (16º, com 11 pontos), Vitória (15º, com 12 pontos) e Botafogo (14º, com 13 pontos).

No caso dos dois primeiros, um empate já bastaria para o time celeste. Já uma igualdade no marcador no confronto do Fogão, obrigaria o Cruzeiro a descontar uma diferença de cinco gols de saldo para superar o time da Estrela Solitária.

O Xavante vai enfrentar o Avaí, neste domingo, às 20h30, no estádio da Ressacada, em Florianópolis.

Um dia antes, o Vitória vai até Maceió encarar o CSA, às 21h, no estádio Rei Pelé.

Também no sábado, o Botafogo terá pela frente o Confiança-SE, às 16h30, no Batistão, em Aracaju.

Além de contar com o insucesso dos rivais na rodada, a Raposa precisaria vencer o Vila Nova por dois gols de diferença para superar o próprio Tigre. Nesse caso, as duas equipes empatariam no número de pontos, de vitórias, no saldo de gols, mas os azuis levariam vantagem no número de gols marcados.

Pior cenário

Em caso de derrota no OBA, o desfecho da 14ª rodada da Série B pode ser desastroso para a Raposa.

Se perder para o Vila, e Londrina (20º, com nove pontos), Ponte Preta (19º, com nove pontos) e Confiança-SE (18º, com 10 pontos), vencerem seus compromissos, a equipe estrelada vai cair para lanterna do torneio.

Os dois primeiros vão entrar em campo já na sexta-feira, podendo colocar pressão no Cruzeiro. Enquanto a equipe paranaense recebe o Remo, às 16h, no estádio do Café, a Macaca duela com o Goiás, às 20h, no estádio Moisés Lucarelli. O time sergipano, como citado acima, vai medir forças com o Botafogo, no sábado.

Com quatro empates e três derrotas nos últimos sete jogos, a Raposa não vence desde o dia 24 de junho.