América

Uma atuação apática dos jogadores, combinada a uma estratégia mal planejada pelo técnico Vagner Mancini, resultou num fiasco dentro de campo. Em um duelo tido como uma ‘decisão’ na luta contra o rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o América perdeu para o Sport, por 1 a 0, em pleno Independência, nesta segunda-feira (19), pela 12ª rodada da competição, e voltou para a zona da degola.

Com um gol de Paulinho Moccelin, o Leão chegou a dez pontos e tomou o 16° lugar do Coelho, que agora ocupa a 17ª colocação, com nove pontos. É o terceiro revés consecutivo do time mineiro.

No próximo sábado (24), às 17h, o Coelho enfrenta o Grêmio, penúltimo colocado, com seis pontos (e dois jogos a menos que o Alviverde), na Arena do Grêmio.

O jogo

O América teve mais posse de bola que o Sport no primeiro tempo (61% a 39%), mas não soube o que fazer com a bola e viu o adversário finalizar mais a gol (oito chutes do Leão, contra cinco do Coelho. No fim das contas, o empate sem gols acabou sendo justo, pela falta de pontaria de ambas as equipes.

O Alviverde teve que conviver com problemas de ordem física na partida. Na volta do intervalo, Diego Ferreira entrou no lugar de Eduardo, machucado. Já Yan Sasse, que ocupou a vaga de Carlos Alberto, ficou em campo por apenas sete minutos da segunda etapa, quando também se lesionou. 

Inoperante no ataque, o América ainda sofreu um gol de Paulinho Moccelin, aos 40 minutos.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA 0
Cavichioli; Bauermann, Ricardo Silva e Zé Vitor; Eduardo (Diego Ferreira), Juninho Valoura, Juninho, Felipe Azevedo (Toscano) e Alan Ruschel (João Paulo); Carlos Alberto (Yan Sasse) (Gustavo) e Fabrício Daniel
Técnico: Vagner Mancini

SPORT 1
Mailson; Hayner, Rafael Thyere, Sabino (Betinho) e Chico; Marcão, Zé Welison (Ronaldo Henrique) e Thiago Lopes (Paulinho Moccelin); Gustavo, Everaldo (Tréllez) e Mikael (André)
Técnico: Umberto Louzer 

DATA: 19 de julho de 2021 (segunda-feira)
ESTÁDIO: Independência
CIDADE: Belo Horizonte
MOTIVO: 12ª rodada do Campeonato Brasileiro
ARBITRAGEM: Vinicius Gomes do Amaral, auxiliado por Jorge Eduardo Bernardi e Andre da Silva Bitencourt, todos do Rio Grande do Sul
VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)
CARTÕES AMARELOS: Zé Vitor (América); Hayner, Betinho (Sport)
GOL: Paulinho Moccelin aos 40 minutos do segundo tempo