Uma das novidades entre os 11 iniciais no time do Cruzeiro diante do Avaí, o atacante Marcelo Moreno avaliou como “duríssima” a derrota da equipe celeste, por 3 a 0, para os catarinenses. Ao fim do jogo, o atleta ainda aproveitou o momento para tentar passar uma mensagem positiva, apesar da frustração pelo resultado. 

“É uma derrota duríssima para a gente. A gente sentiu. Esse jogo era muito importante para o Cruzeiro ganhar. Tivemos uma semana muito boa, a gente colocou muita intensidade, todo mundo se dedicou, mas faltou algo mais hoje. Faltou a bola entrar, tive uma chance, cabeceei na trave e poderia ser o 1 a 1. É cabeça erguida, continuar trabalhando e acreditando. Tem jogadores se dedicando ao máximo. A gente tem que lutar, levantar a cabeça, não adianta se lamentar, temos que pensar positivo”, ressaltou Moreno.

Autor de dois dos três gols da partida contra o Botafogo, no empate com o Botafogo antes do encontro do Avaí, Moreno voltou a ser titular na vaga de Rafael Sóbis. Contra os catarinenses, Moreno atuou por 90 minutos pela primeira vez sob o comando do técnico Mozart.