O técnico Cuca e o atacante Keno se revoltaram com a atuação do árbitro Leandro Vuaden, na derrota do Atlético por 2 a 1 para o Ceará, nesta quinta-feira (24), no estádio Castelão, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Após o apito final, ambos foram em direção ao trio de arbitragem, dirigindo várias reclamações, especialmente a Vuaden.

A transmissão do canal Premiere, inclusive, flagrou o técnico Cuca chamando o comandante da partida de “vagabundo”.

Nas mesmas imagens, Vuaden aparece com um cartão vermelho nas mãos, mas não foi possível confirmar quem foi advertido.

Procurado pelo Hoje em Dia, o Atlético, via assessoria de comunicação, afirmou que não ficou claro se Cuca ou Keno foram expulsos, e que vai esperar a divulgação da súmula - que deve ocorrer nesta sexta - para confirmar a situação da dupla.

Caso tenham recebido o cartão vermelho, ambos vão desfalcar o Galo no duelo com o Santos, neste domingo, às 20h30, na Vila Belmiro, pela sétima rodada do Brasileirão.

Para encarar o Peixe, o Atlético já tem uma extensa lista de desfalques: Rafael, Dodô (lesionados), Micael, Nathan, Nacho, Dylan, Marrony e Sasha (Covid-19), Savinho (seleção brasileira sub-17), Alonso, Franco, Vargas e Savarino (Copa América).

Em fase final do isolamento pelo contágio do Coronavírus, o zagueiro Igor Rabello, ausente dos últimos três jogos, pode voltar a ficar à disposição.