O Atlético terá um desfalque certo para o duelo com o Cerro Porteño, na próxima terça-feira (4), às 19h15, no Mineirão, pela terceira rodada do grupo H da Copa Libertadores.

Acionado no segundo tempo da vitória por 2 a 1 sobre o América de Cali, da Colômbia, nesta terça, no Gigante da Pampulha, o meia Nathan foi expulso no final da partida e vai ficar de fora do duelo com o time paraguaio.

Já aos 48 minutos da segunda etapa, o camisa 23 cometeu falta dura em Moreno. Imediatamente, o lateral-direito Arrieta foi tirar satisfações com o meia do Galo, que também se exaltou.

Na confusão, o árbitro Daniel Fedorczuk expulsou Nathan e aplicou o cartão amarelo para o colombiano.

Entretanto, a atuação do meia alvinegro não ficou marcada apenas pelo imbróglio nos acréscimos.

Aos 12 minutos da etapa final, logo depois de substituir Zaracho, o camisa 23 deu belo passe para Hulk, que invadiu a área e sofreu pênalti do goleiro Graterol. O próprio Hulk converteu a cobrança e abriu caminho para o triunfo dos comandados de Cuca.  

O próximo desafio do Galo na Libertadores será na próxima terça, às 19h15, diante do Cerro Porteño, novamente no Mineirão. Antes, o Atlético encara o Tombense, no próximo sábado, às 16h30, no Independência, no primeiro jogo da semifinal do Campeonato Mineiro.

Leia mais

Do atrito ao triunfo: Protagonista contra o América de Cali, Hulk vibra com vitória e elogia Cuca

Hulk brilha, Atlético vence o América de Cali pela Libertadores e alivia pressão sobre Cuca