O título do Campeonato Mineiro de 1988 tem um lugar especial na história atleticana. Nem tanto pela conquista, pois nos anos 1980 o clube levantou oito das dez taças do Estadual, um recorde no futebol mineiro, mas pelo fato de Telê Santana estar no banco de reservas.

Comandante alvinegro na conquista do primeiro título do Galo no Mineirão, o Campeonato Mineiro de 1970, e no ano seguinte treinador do time que venceu o Campeonato Brasileiro, ele comemorou a última taça como técnico do Atlético, clube em que ocupa a ponta do ranking.

Ele tinha chegado na temporada anterior, quando o clube fez grande campanha na Copa União, o Brasileirão de 1987.

O Galo tinha vencido o turno e chegava à última rodada do returno empatado em pontos com o Cruzeiro, que precisava vencer a etapa para forçar uma decisão direta.

Atlético campeão mineiro 1988

O time do Atlético campeão mineiro de 1988, último título vencido pelo técnico Telê Santana no clube

O Atlético tinha a chance de conquistar o título sem precisar de uma final.

Um gol de Jason, centroavante que tinha sido contratado ao Nacional, do Amazonas, logo aos 13 minutos de jogo, garantiu a taça ao Atlético, que recuperava a hegemonia no Estadual, que comandou nos anos 1980.

A FICHA DO JOGO

ATLÉTICO 1
João Leite; Carlão, Flávio, João Pedro e Lourenço; Éder Lopes, Vânder Luís e Renato Frederico; Sérgio Araújo (Ailton), Jason (Moacir) e Marquinhos Carioca. Técnico: Telê Santana

CRUZEIRO 0
Wellington; Balu, Vilmar (Edson Souza), Gilmar Francisco e Wldimir; Heraldo, Éder e Heriberto (Agnaldo); Robson, Hamilton e Ramon Guimarães. Técnico: Zé Carlos

DATA: 10 de julho de 1988
LOCAL: Mineirão
MOTIVO: Campeonato Mineiro
GOL: Jason, aos 13 minutos do primeiro tempo
ARBITRAGEM: José Chéu, auxiliado por Aldo Lobo e Raimundo Divino
PÚBLICO: 23.177
RENDA: Cz$ 6.811.850