A primeira temporada pelo Cruzeiro não foi das melhores para Claudinho. Vindo da Ferroviária em meados de 2020, o meia foi pouco utilizado, tendo realizado 14 partidas e sem ter convencido Felipão. No entanto, o jogador de 20 anos tem um longo caminho pela frente no futebol e, agora sob a tutela de Felipe Conceição, busca a evolução e um espaço no time celeste.

"Cheguei no ano passado e já fiz alguns jogos em 2021 pela Série B. É um ano que promete. Vai dar tudo certo. (O Felipe Conceição) conversou bastante, me passou confiança e disse que vai precisar de todo mundo. Vou sempre entrar concentrado”, destacou o jovem atleta.

Neste novo ciclo que se inicia na Raposa, o armador esteve presente na estreia da equipe no Mineiro, participando ativamente da jogada que resultou no gol de empate dos azuis, marcado por Cáceres, no 1 a 1 com o Uberlândia.

"A gente viu uma evolução muito grande. Neste ano teremos muitas coisas boas. Vamos ter muita organização ofensiva. Me sinto honrado de ter chegado a um time tão vitorioso como o Cruzeiro. Quero plantar coisas boas aqui", disse.

O próximo compromisso do time será nesta quarta-feira (3), às 21h30, contra a Caldense, no Mineirão, pela segunda rodada do Estadual.

Cruzeiro