Depois do rebaixamento do Cruzeiro, em 2019, o zagueiro Cacá deixou claro que permaneceria no clube pelo qual é torcedor, a não ser que a Raposa tivesse a necessidade de vendê-lo para outra agremiação. Ele ficou, jogou a Série B de 2020 e agora se despede dos celestes.

Criado na base azul, Cacá, de 21 anos, está de partida para o Tokushima Vortis, do Japão, em transação que gira em torno de R$ 11 milhões. O Cruzeiro detinha 70% dos direitos econômicos do defensor; os outros 30% eram do Ubaense.

Em suas redes sociais, a Raposa agradeceu ao zagueiro por todo o empenho mostrado dentro de campo.

“Desde os 14 anos defendendo e honrando nossa camisa. Um dos #CriasDaToca que cresceu e se tornou um gigante dentro de campo. Obrigado, Cacá! Desejamos muito sucesso em sua nova caminhada. Voa, garoto!”, escreveu.

Com a camisa azul e branca, Cacá disputou 56 jogos, marcou três gols e foi campeão da Copa do Brasil de 2018 e do Mineiro de 2018 e 2019.

Cruzeiro