A vitória por 3 a 2 sobre o Sport, no último domingo (21), aliada ao empate do Fluminense diante do Santos, garantiu o Atlético na fase de grupos da próxima Copa Libertadores.

De quebra, o triunfo na Ilha do Retiro encerrou uma sequência de seis jogos sem vitória do Galo em duelos fora de casa.

Antes de bater o Leão, o Alvinegro vinha de derrotas para São Paulo, Vasco e Goiás, e empates diante do Red Bull Bragantino, Grêmio e Fluminense.

A última vitória do Atlético longe do Mineirão havia sido no dia 12 de dezembro do ano passado.

Na ocasião, o time comandado pelo técnico Jorge Sampaoli venceu o Athletico-PR por 1 a 0, na Arena da Baixada, com um gol do atacante chileno Eduardo Vargas, em confronto da 25ª rodada do torneio. 

Campanhas opostas

Na terceira colocação do Brasileiro, com 65 pontos, o Galo perdeu a chance de conquistar o título especialmente em razão da fraca campanha como visitante.

Dos 57 pontos em disputa longe de Belo Horizonte, o Galo conquistou apenas 22 pontos.

As seis vitórias, quatro empates e nove derrotas geram um desempenho de 40,74% do alvinegro fora de casa, o que o coloca como 9º melhor time neste quesito.

O que contrabalanceia a campanha do time na competição é o desempenho no Mineirão.

Com 79,63% de aproveitamento, fruto de 13 vitórias, quatro empates e uma derrota, o Galo é o melhor mandante do campeonato.