O uruguaio Arrascaeta, ex-Cruzeiro, caminha para ganhar um título nacional pela quarta temporada consecutiva. Bicampeão da Copa do Brasil com a Raposa, em 2017 e 2018, ele pode vencer a Série A pelo segundo ano consecutivo com o Flamengo. Decisivo em todas as taças, não será diferente em 2020 caso o rubro-negro conquiste o Brasileirão, pois o meia-atacante foi o destaque da vitória por 2 a 1, de virada, sobre o Internacional, neste domingo (21), no Maracanã, no Rio de Janeiro.

O confronto pela 37ª daria a taça ao Colorado, em caso de vitória, e o time gaúcho saiu na frente, com Edenílson convertendo, logo aos 11 minutos do primeiro tempo, pênalti cometido por Gustavo Henrique em Yuri Alberto.

Bruno Henrique Arrascaeta Flamengo InternacionalArrascaeta comemora com Bruno Henrique o gol de empate do Flamengo contra o Internacional

A estrela de Arrascaeta começou a brilhar aos 28 minutos, quando concluiu grande jogada de Bruno Henrique pela esquerda com a bola tocando a trave esquerda de Marcelo Lomba antes de entrar.

Na segunda etapa, as coisas ficaram mais fáceis para o rubro-negro com a expulsão do lateral-direito Rodinei logo aos três minutos. Curiosamente, o Internacional pagou R$ 1 milhão para ter o jogador em campo, pois ele pertence ao Flamengo. O valor foi pago por um torcedor colorado.

Aproveitando o fato de ter um homem a mais em campo, o time carioca se lançou totalmente ao ataque e chegou à virada aos 17 minutos da etapa final. O gol de Gabriel saiu graças a grande assistência de Arrascaeta, que encontrou o centroavante sozinho na área.

O Inter buscou pelo menos o empate até o final, se lançando ao ataque e dando espaços ao Flamengo, que chegou até a marcar pela terceira vez, com Pedro, mas num lance em que ele cometeu falta no zagueiro colorado.

Matemática

Com a vitória, o Flamengo chegou aos 71 pontos, como sexto líder diferente do Brasileirão. Na próxima quinta-feira (25), se vencer o São Paulo, às 21h30, no Morumbi, será bicampeão brasileiro em sequência.

O Internacional caiu para a segunda posição, com 69 pontos. Para quebrar o jejum do título brasileiro, que vem desde 1979, tem de vencer o Corinthians, no Beira-Rio, em Porto Alegre, na próxima quinta-feira, às 21h30, e contar pelo menos com empate do Flamengo diante do São Paulo.

Se o Colorado não vencer o Timão, que ainda briga por vaga na fase preliminar da Copa Libertadores, o rubro-negro levanta a taça com qualquer resultado.

A FICHA DO JOGO

FLAMENGO 2
Hugo Souza; Isla (Pedro), Rodrigo Caio (Natan), Gustavo Henrique e Filipe Luís; Diego (João Gomes) e Gerson; Everton Ribeiro, Arrascaeta e Bruno Henrique; Gabriel. Técnico: Rogério Ceni

INTERNACIONAL 1
Marcelo Lomba; Rodinei, Lucas Ribeiro, Zé Gabriel e Moisés; Rodrigo Dourado (Johnny), Edenilson, Patrick (Maurício), Praxedes (Heitor) e Caio Vidal (Thiago Galhardo); Yuri Alberto (Peglow). Técnico: Abel Braga

DATA: 21 de fevereiro de 2021
ESTÁDIO: Maracanã
CIDADE: Rio de Janeiro
MOTIVO: 37ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
GOLS: Edenílson, aos 11, e Arrascaeta, aos 28 minutos do primeiro tempo; Gabriel, aos 17 minutos do segundo tempo
ARBITRAGEM: Raphael Claus, auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse e Neuza Inês Back, todos de São Paulo
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)
CARTÃO VERMELHO: Rodinei (Internacional)
CARTÃO AMARELO: Diego, Pedro, Natan e João Gomes (Flamengo)