Ainda sonhando com o caneco do Campeonato Brasileiro, o Atlético volta a campo nesta quarta-feira (3) e, a partir das 21h30, encara o desesperado Goiás, que tenta com todas as forças deixar a zona de rebaixamento da competição mais importante do país.

Com 60 pontos conquistados, cinco a menos que o líder Internacional, o time mineiro ocupa a terceira colocação, com dois a menos que o Flamengo, vice. De acordo com o Departamento de Matemática da UMFG, as chances de título são de apenas 8%, mas nada que faça desacreditar jogadores e torcedores.

Para o duelo em Goiânia, o técnico Sampaoli terá quase força máxima, já que ainda não pode contar com o camisa 11 Keno, que se recupera de uma lesão no cotovelo. A novidade na lista de relacionados é o meia argentino Matías Zaracho, recuperado de lesão muscular. Diego Tardelli, que fora relacionado contra o Fortaleza, mais uma vez, figura entre os convocados.

Atlético

Goiás desesperado

Na luta contra o rebaixamento, o dono da casa soma 29 pontos e amarga a 18ª colocação na tabela da Série A. Com quatro derrotas em cinco jogos, o Goiás precisa vencer o Atlético para seguir sonhando com a permanência na elite.

Para o confronto, o volante Breno, com lombalgia, é dúvida.  Já o atacante Vinícius Lopes, suspenso, está fora do duelo contra o Alvinegro. O time que iniciou contra o Fluminense foi o seguinte: 

Além do substituto de Lopes, a tendência é que a escalação de Glauber Lopes apresente mais mudanças, como por exemplo e retorno da formação com três zagueiros e Shaylon jogando na lateral.

Ficha do jogo:

GOIÁS X ATLÉTICO
Motivo:
34ª rodada do Campeonato Brasileiro
Horário: 21h30
Local: Serrinha, em Goiânia
Data: 03 de fevereiro de 2021 (quarta-feira)
Arbitragem: Bruno Arleu de Araújo, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Corrêa e Thiago Henrique Neto. VAR: Rodrigo Nunes de Sá; todos do Rio de Janeiro.
Transmissão: Globo e Première

GOIÁS
Tadeu; Taylon, David Duarte, Fábio Sanches e Jefferson; Shaylon, Ariel Cabral e Henrique Lordelo; Fernandão, Douglas Baggio e Rafael Moura
Técnico: Glauber Ramos

ATLÉTICO
Everson; Guga, Réver, Alonso e Arana; Jair, Nathan (Allan) e Hyoran (Zaracho); Savarino, Vargas e Sasha
Técnico: Sampaoli