Um acidente aéreo que aconteceu na manhã deste domingo (24), em Palmas, no Tocantins, deixa o futebol mineiro de luto. Isso porque vitimou quatro jogadores, todos com passagens por clubes do futebol do Estado. Entre eles está o atacante Marcus Molinari, filho do ex-atacante Marinho, que se destacou no Ipatinga e viveu grande momento com a camisa do Atlético em 2006 e 2007, sendo destaque na conquista do título da Série B do Campeonato Brasileiro.

O avião, de pequeno porte, decolava para Goiânia, onde o Palmas Futebol e Regatas jogaria nesta segunda-feira (25), contra o Vila Nova-GO, pela Copa Verde. A aeronave caiu logo após decolar da Associação Tocantinense de Aviação.

avião queda Palmas

Avião que levava jogadores e presidente do Palmas caiu logo após decolar

Além de Marcus Molinari, estavam no avião os jogadores Lucas Praxedes, Guilherme Noé, que jogou no Ipatinga, e Ranule, revelado pelo Democrata, de Sete Lagoas, o presidente do Palmas, Lucas Meira, e o comandante da aeronave, de nome Wagner.

Leia mais:

Gol no DNA: filho de Marinho, ex-Atlético, Marcus Molinari segue passos do pai no Tupi

Em 2019, Marcus Molinari viveu um grande início de temporada no Tupi e em entrevista a Frederico Ribeiro, no Hoje em Dia, quando falou do fato de ser filho de um ex-atacante que fez sucesso no futebol.

"Meu pai fez a carreira dele, fez a história dele. Não gosto muito de ser comparado, é um peso a menos nas minhas costas, procuro fazer meu trabalho, aprender com ele, ele está sempre me ajudando, não me cobra em nada em relação do que ele foi", disse Marcus Molinari, em fevereiro de 2019.

Marinho, em desembarque após vencer a Série B pelo Atlético, ao lado dos filhos Marcus e AnnaMarcus Molinari com Marinho, num desembarque da deleção atleticana no Aeroporto de Confins

A nota oficial do Palmas

O Palmas Futebol e Regatas vem por meio desta informar que por volta das 8h15 da manhã deste domingo, 24, ocorreu um acidente aéreo envolvendo o presidente do clube Lucas Meira, quando decolava para Goiânia, para a partida entre Vila Nova x Palmas nesta segunda, 25, válida pela Copa Verde. O avião em que Lucas estava junto com o comandante Wagner e os atletas Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari, decolou e caiu no final da pista da Associação Tocantinense de Aviação. Lamentamos informar que não há sobreviventes. Neste momento de dor e consternação, o clube pede orações pelos familiares aos quais prestará os devidos apoios, e ressalta que no momento oportuno voltará a se pronunciar.