Há cerca de cinco meses, Airton fazia sua estreia com a camisa do Cruzeiro, no empate em 1 a 1 com o CRB, pela Copa do Brasil, no dia 26 de agosto de 2020. Hoje, com 30 partidas computadas pelo clube celeste, o atacante diz se sentir “em casa” na Toca II, agradece ao técnico Felipão pelos ensinamentos do dia a dia e espera continuar no clube em 2021.

"O centenário é muito importante para os torcedores e nós, jogadores. Fico bastante feliz por estar aqui neste momento. Vou tentar ajudar da melhor forma possível, dentro e fora de campo. Espero que em 2021 a gente consiga nosso objetivo, de subir para a Série A e recolocar o Cruzeiro onde ele nunca deveria ter saído", afirma o avante de 21 anos.

Nesse curto espaço de tempo na Raposa, o atleta acredita ter evoluído dentro de campo, sempre ouvindo os conselhos de seu tutor e dos atletas mais experientes do elenco.

"Me sinto em casa e muito feliz com essa marca de 30 jogos pelo Cruzeiro. Um privilégio poder aprender muito com ele (Felipão). Estou começando minha carreira, e fico muito feliz de ele estar aqui", comentou.

"Estou no meu segundo ano como professional, sinto que preciso aprender cada dia mais. Tento aprender com o pessoal mais velho e experiente. Uma parceria de sucesso", disse o atacante, autor de quatro gols e suas assistências na temporada.

Cruzeiro

Próximo desafio

No domingo (24), às 16h, o Cruzeiro encara o Náutico, no Independência, pela 37ª rodada da Série B do Brasileiro. O clube pernambucano, com 42 pontos, em 15° lugar, briga contra o rebaixamento.

"Vai ser mais um jogo difícil. O Náutico tem os objetivos dele na competição, e a gente tem que dar nosso melhor. E se Deus quiser, vamos conseguir sair vitorioso", declarou Airton.