O Cruzeiro anunciou, na tarde desta quinta-feira (21), a renovação de contrato do técnico Marcelo Frigerio, o Tchelo. Ele vai seguir por mais uma temporada no comando do time feminino de futebol da Raposa.

Tchelo chegou ao clube estrelado em setembro do ano passado, substituindo Jorge Victor, demitido após a goleada por 4 a 1 para o Internacional, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro A1.

Nos quatro jogos em que esteve à frente da equipe na competição, Tchelo conseguiu três vitórias e um empate, terminando a disputa no 10º lugar, livre de qualquer risco de rebaixamento.

No final da temporada, Frigerio ainda comandou as Cabulosas no vice-campeonato do Mineiro, em que o time perdeu a decisão para o Atlético, nos pênaltis.

Nas primeiras palavras com o vínculo renovado, Marcelo Frigerio, que é nascido na Itália e criado no Brasil, mostrou muito otimismo para a próxima temporada da Raposa.

“Eu estou muito animado para este segundo ano, muito feliz por essa continuidade em um grande clube como o Cruzeiro. A minha expectativa, quando cheguei, era que fosse um projeto de longo prazo, para conseguirmos fazer um trabalho sólido, e agora conseguiremos continuar o que iniciamos. Neste ano o campeonato brasileiro vai ser bem mais puxado, e vamos contar com meninas novas, que vão agregar muito ao elenco. Já temos um excelente grupo, esperamos que o time fique mais forte para 2021, e que a gente consiga fazer uma grande temporada”, disse o treinador, ao site oficial do Cruzeiro.

Elenco

Antes de sacramentar a permanência de Tchelo, a Raposa já estava ativa no mercado, anunciando a contratação de oito jogadoras: a lateral esquerda Rebeca, as meio-campistas Stephanie Zuniga (EUA) e Mayara Vaz, as atacantes Marília e Pâmela, a zagueira Jéssica Romero (COL), a goleira Carol Aquino e a volante Carol Shimo.

Do elenco da última temporada, o Cruzeiro renovou com 15 atletas: as goleiras Mary Camilo e Dafiny (vinda da base), as zagueiras Thamirys, Mayara, Jajá e Pires, as laterais Eskerdinha, Janaína e Thalita, as meias Duda, Capelinha, Ambrózio e Carol e as atacantes Vanessinha e Mariana Santos.