Quatro gols nos últimos quatro jogos. Com números de atacante goleador, o meia Hyoran vive momento de destaque com a camisa do Atlético. O rendimento, inclusive, pode ajudá-lo a ter o vínculo estendido e o passe comprado, em definitivo, pelo Alvinegro.

Emprestado pelo Palmeiras, o jogador de 27 anos tem contrato até o fim de fevereiro. Para tê-lo, o Atlético terá que desembolsar cerca de R$ 7,5 milhões, por 50% dos direitos econômicos. Entrevistado desta quinta-feira (21), na Cidade do Galo, o jogador acabou sendo questionado sobre o assunto.

"Estou muito feliz aqui e com meu momento. Fui muito bem recebido desde o primeiro dia. Se tudo der certo e eu continuar, será uma alegria para mim e para a minha família. Meu empresário está conversando com a diretoria. Se as coisas derem certo e eu continuar, seguirei muito feliz", comenta o camisa 20.

Em relação ao desempenho pessoal, que tem ajudado e muito o Atlético nesta reta final de Série A, Hyoran não esconde a alegria. Ele é o vice-artilheiro do time na atual edição do Brasileiro (2020), com 7 gols anotados.

"Estou muito feliz com este momento e com esta sequência. Espero que se prolongue muito. Com certeza, um dos melhores momentos da minha carreira. Espero ajudar o grupo na busca por este título tão sonhado", acrescenta.

Pressão a seu favor

No próximo sábado (23), o Atlético encara o desesperado Vasco no Rio de Janeiro. Enquanto ainda sonha com o caneco, o Galo terá pela frente um adversário que luta para escapar do Z-4 da competição. Sobre este desafio e outros contra equipes da parte de baixo da tabela, Hyoran acredita que a equipe terá que usar a pressão a seu favor.

"Os times que estão na parte de baixo também farão de cada jogo uma final. Sabemos que teremos que nos impor. É aproveitar pressão que eles têm contra o rebaixamento e buscar os pontos necessários para buscar este título", finaliza.

Leia Mais:
'Unidos da Ponte Preta': América liga secador e torce por tropeço da Chapecoense nesta quinta-feira
'E o Tardelli?': camisa 9 completa 320 dias do último jogo oficial e aguarda por chance no Atlético

Victor completa 38 anos e comemora aquele que pode ser último aniversário como jogador do Atlético