Enquanto tenta atenuar a crise extracampo, agravada pelos atrasos salariais de mais de dois meses, o Cruzeiro se mobiliza para o confronto com o Juventude, neste sábado (16), às 19h, no estádio Alfredo Jaconi, pela 35ª rodada da Série B.

Para o duelo em Caxias do Sul, o técnico Luiz Felipe Scolari vai ter o retorno do meia-atacante Giovanni e do atacante William Pottker, que cumpriram suspensão na derrota por 1 a 0 para o Oeste, na última quarta (13), no Independência.

Até então titulares da equipe celeste, os dois jogadores deverão iniciar jogando nas vagas de Welinton e Marcelo Moreno, escolhidos por Felipão contra o Rubrão.

Sem desfalques, o restante do time da Raposa deverá se o mesmo que vem atuando na maioria dos últimos jogos pelo Brasileiro.

Um provável Cruzeiro para encarar o Juventude é: Fábio; Cáceres, Manoel, Ramon e Matheus Pereira; Adriano, Machado e Giovanni; William Pottker, Rafael Sóbis e Airton.

Meio de tabela

Com 44 pontos, na 13ª colocação, o Cruzeiro vai enfrentar os quatro jogos restantes na Série B com poucas ambições.

De acordo com o site Probabilidades no Futebol, do Departamento de Matemática da UFMG, o time celeste tem 0,016% de chances de acesso, e 0,043% de risco de queda à Série C.

A equipe gaúcha, por sua vez, luta para conseguir uma das duas vagas restantes para a elite do futebol brasileiro na próxima temporada.

No momento, o Ju é o quinto colocado, com 52 pontos, mesma pontuação do que o quarto colocado CSA, mas com uma vitória a menos do que o time alagoano.

De acordo com os matemáticos da UFMG, a probabilidade de o Juventude terminar a disputa no G4 é de 37,4%.