Aquilo que todo mundo já sabia, acaba de ser oficializado. Após a demissão de Alexandre Mattos, a lacuna de diretor de futebol do Atlético será preenchida por Rodrigo Caetano, ex-Internacional, Vasco, Grêmio, Fluminense e Flamengo.

Nome preferido de Sérgio Coelho, novo mandatário da agremiação, Caetano, de 50 anos, assume a ‘pasta’ com o desafio de ajudar o alvinegro a voltar à rota das grandes conquistas.

Um dos desafios é colaborar na montagem de um plantel ainda mais forte para a temporada 2021, na qual o Galo anseia, ao menos, um título de expressão. O Campeonato Brasileiro, por exemplo, é um torneio que o Atlético não vence desde 1971, quando angariou sua primeira e até então única conquista do Nacional. 

Trajetória

Como jogador, Rodrigo Caetano atuava na função de meia. Do fim da década de 1980 ao início dos anos 2000, defendeu várias equipes, entre elas Grêmio, Sport, Juventude, Caxias, Náutico, América-RN e Veranópolis.

Após a carreira nos gramados, passou a atuar fora das quatro linhas, na função de superintendente e de diretor de futebol.

Formado em Administração de Empresas (PUCRS) e Pós-Graduado em Gestão Empresarial (FGV), é considerado um dos pioneiros no cargo de executivo de futebol no país.

Integrou diretorias de clubes como RS Futebol, Grêmio, Vasco, Fluminense, Flamengo e Internacional. E foi no Rio de Janeiro onde alcançou suas maiores glórias.

No Vasco, chegou com o desafio de recolocar o time na Série A e obteve êxito nessa missão. Além do título da Segundona em 2009, foi fundamental para organizar o clube naquele momento e, graças ao trabalho nos bastidores, ajudou o Gigante da Colina a se sagrar campeão da Copa do Brasil de 2011.

No ano seguinte estava no Fluminense, e logo em sua primeira temporada no Tricolor comemorou o Brasileirão de 2012.

Confira a ficha de Rodrigo Caetano

Nome completo: Rodrigo Vila Verde Caetano
Data de nascimento: 18 de fevereiro de 1970
Local de nascimento: Santo Antônio da Patrulha (RS)

Trajetória como diretor executivo

RS Futebol (Superintendente de futebol): 2003–2004
Grêmio: 2005–2008
Vasco: 2009–2011
Fluminense: 2012–2013
Vasco: 2014
Flamengo: 2015–2018
Internacional: 2018–2020

Títulos como diretor/superintendente

RS Futebol
Campeonato Gaúcho Sub-17 (Juvenil): 2004

Grêmio
Campeonato Brasileiro - Série B: 2005
Campeonato Gaúcho Sub-20 (Júnior): 2005, 2006 e 2007
Copa FGF: 2006
Campeonato Gaúcho: 2007
Campeonato Brasileiro Infantil: 2007
Copa Brasil Sub-15 (Infantil): 2008
Copa Santiago Sub-17 (Juvenil): 2008
Taça Belo Horizonte Sub-20 (Júnior): 2008
Troféu Angelo Dossena Sub-20 (Júnior): 2008

Vasco da Gama
Campeonato Brasileiro - Série B: 2009
Torneio Octávio Pinto Guimarães de Juniores (Sub-20): 2009
Copa da Hora: 2010
Campeonato Carioca (Sub-20): 2010
Taça Rio de Juniores (Sub-20): 2010
Super Copa Cidade de Valença Juvenil (Sub-17): 2010
Campeonato Carioca Infantil (Sub-15): 2010
Copa do Brasil: 2011
Taça Guanabara Juvenil (Sub-17): 2011
Campeonato Carioca Infantil (Sub-15): 2011
Taça Guanabara Infantil (Sub-15): 2011
Campeonato Carioca de Juniores: 2015

Fluminense
Taça Guanabara: 2012
Campeonato Carioca: 2012
Campeonato Brasileiro: 2012
Campeonato Carioca (Sub-20): 2012 e 2013

Flamengo
Torneio Super Series: 2015
Copa São Paulo: 2016 e 2018
Troféu Carlos Alberto Torres: 2017
Campeonato Carioca: 2017
Taça Guanabara: 2018

Internacional
Copa São Paulo: 2020