Apesar de o Atlético não ter participado da Copa Libertadores 2020 e ter caído na competição internacional que disputou na temporada, a Sul-Americana, ainda na primeira fase, o jogo entre Boca Juniors, da Argentina, e Santos, às 19h15 desta quarta-feira (6), em La Bombonera, em Buenos Aires, interessa diretamente ao Galo.

Este jogo, pelas semifinais da Copa Libertadores, provocou o adiamento da partida entre Atlético e Santos, que seria disputada nesta quinta-feira (7), às 19h15, no Mineirão, pela 28ª rodada do Brasileirão.

Cuca técnico Santos

Campeão da Copa Libertadores com o Atlético, em 2013, o técnico Cuca busca agora o bicampeonato com o Santos, que tem a torcida do Galo pelo menos nas semifinais, contra o Boca Juniors, da Argentina

Este jogo foi transferido para 27 de janeiro. E para o Galo, o interessante é que o Santos passe pelo Boca e decida a Libertadores.

Isso porque a final da competição, em jogo único, no Maracanã, será no dia 30 de janeiro, portanto três dias após o confronto adiado entre Atlético e Santos pelo Campeonato Brasileiro.

Sendo finalista, o provável é que o Santos venha com um time reserva ao Gigante da Pampulha pela proximidade do confronto decisivo contra Palmeiras ou River Plate, da Argentina, que fazem a outra semifinal.

Se o Atlético fica na torcida pelo Santos pensando numa “facilidade” no jogo adiado entre eles, o maior rival ao título brasileiro, o líder  São Paulo, pode usufruir disso no próximo domingo (10), pois recebe o Peixe às 16h, no Morumbi, pela 29ª rodada da Série A.

O problema é que a partida de volta dos santistas contra os xeneizes, pelas semifinais da Libertadores, será na outra quarta-feira, dia 13, às 19h15, na Vila Belmiro. Isso faz com que Cuca possa optar por um time alternativo contra o São Paulo no próximo domingo. E essa decisão passa principalmente pelo resultado de hoje, em La Bombonera.

A FICHA DO JOGO

BOCA JUNIROS
Esteban Andrada; Leonardo Jara, Lisandro López, Carlos Izquierdoz e Frank Fabra; Eduardo Salvio, Nicolás Capaldo, Diego González e Sebastián Villa; Franco Soldano e Carlos Tevez. Técnico: Miguel Angel Russo

SANTOS
John; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Sandry (Lucas Braga) e Diego Pituca; Marinho, Kaio Jorge e Soteldo. Técnico: Cuca

DATA: 6 de janeiro de 2021
HORÁRIO: 19h15
ESTÁDIO: La Bombonera
CIDADE: Buenos Aires
ARBITRAGEM: Roberto Tobar, auxiliado por Claudio Urrutia e Alejandro Molina, todos do Chile
VAR: Juan Benítez (Paraguai)
TRANSMISSÃO: Fox Sports