Com 91 jogos à frente do Cruzeiro, juntando suas duas passagens pela Toca, Luiz Felipe Scolari é outro que prestou homenagem, neste sábado (2), ao Centenário do clube.

Por meio de um comunicado, Felipão afirmou que “é um prazer estar novamente defendendo o Cruzeiro no ano de seu centésimo aniversário”.

“Sou muito grato ao Cruzeiro que em 2000 me deu a oportunidade de trabalhar e conhecer sua grandeza. Foi apenas um ano. Mas constatei o que sempre escutei e vi quando enfrentei este grande clube por outras equipes em partidas épicas. Parabéns pelo seu centenário, Cruzeiro, e sua história riquíssima de conquistas, vitórias e eternos ídolos (...). Parabéns a todos os cruzeirenses!”, afirmou o treinador.

Felipão dirigiu o time da Raposa durante parte das temporadas 2000 e 2001, tendo sido campeão da Copa Sul-Minas (2001). Deixou o clube para comandar a Seleção Brasileira que viria a ser pentacampeã mundial em 2002.

Quase duas décadas depois, Scolari retornou ao Cruzeiro com o discurso de não deixar o time ser rebaixado para a Série C do Brasileiro na atuação edição da Segundona.

Com contrato até o fim de 2022, tem como promessa fazer o clube voltar à elite nacional.

Pelo Cruzeiro, Felipão acumula 47 vitórias, 30 empates e 14 derrotas.

Cruzeiro