O Atlético conquistou um importante resultado na luta para voltar à liderança do Campeonato Brasileiro.

Jogando na Arena da Baixada, o Galo venceu o Athletico-PR por 1 a 0, na tarde deste sábado (12), em duelo da 25ª rodada da competição.

Eduardo Vargas marcou o gol do Alvinegro aos 43 minutos do primeiro tempo, após contra-ataque puxado por Keno.

A vitória do Atlético poderia ter sido ainda mais tranquila, mas o goleiro Santos defendeu uma cobrança de pênalti do próprio Keno, quando a partida estava 0 a 0.

Destaque do dia, Vargas teve mais dois gols anulados por impedimento, além do tento validado.  

Com o resultado, o time comandado pelo técnico Jorge Sampaoli chegou aos 46 pontos, se manteve na vice-liderança da competição, e reduziu para quatro pontos a desvantagem para o São Paulo, líder do Brasileirão.

O Galo agora seca o Tricolor Paulista, que encara o Corinthians, neste domingo, às 18h15, na Neo Química Arena, para que o líder não aumente a diferença na ponta da tabela.

O próximo adversário do Atlético é justamente o São Paulo, na próxima quarta-feira (16), Às 21h30, no Morumbi, em confronto direto pela primeira colocação do campeonato.

O Furacão, por sua vez, permaneceu com 28 pontos, na 13ª colocação, mas pode perder posições no encerramento da rodada.

Na próxima rodada, o time paranaense terá pela frente o Bragantino, no dia 20 de dezembro, às 16h, em Bragança Paulista.

A FICHA DO JOGO

ATHLETICO-PR 0 X 1 ATLÉTICO

ESTÁDIO: Arena da Baixada

CIDADE: Curitiba

MOTIVO: 25ª RODADA DA SÉRIE A DO CAMPEONATO BRASILEIRO

ARBITRAGEM: Vinicius Gonçalves dias Araújo, auxiliado por Alex Ang Ribeiro e Anderson José de Moraes Coelho, todos de São Paulo

VAR: Márcio Henrique de Gois (SP)

CARTÕES AMARELOS: Erick e Léo Cittadini (Athletico-PR) e Gabriel (Atlético)

GOL: Vargas, aos 43 minutos do primeiro tempo

ATHLETICO-PR

Santos; Erick, Pedro Henrique (Felipe Aguilar), Zé Ivaldo e Abner; Richard, Christian (Ravanelli) e Léo Cittadini (Lucho González); Nikão, Carlos Eduardo (Reinaldo) e Renato Kayzer (Bissoli). Técnico. Paulo Autuori

ATLÉTICO
Everson; Guga, Gabriel, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Hyoran (Nathan) e Zaracho (Calebe); Savarino (Réver), Eduardo Vargas (Eduardo Sasha) e Keno. Técnico: Jorge Sampaoli