O Cruzeiro chegou embalado para o duelo desta terça-feira (8), no estádio Rei Pelé, após obter duas vitórias seguidas – sobre América, por 2 a 1, e Brasil de Pelotas, por 4 a 1 –, e tentando se aproximar do G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro. No entanto, o ímpeto celeste acabou freado pelo CRB, em jogo válido pela 27ª rodada da competição e que terminou em 0 a 0.

A diferença da Raposa para o clube que fecha o grupo dos quatro primeiros colocados, no caso o Cuiabá, permanece em nove pontos.

A luta por uma vaga na Primeira Divisão continua na próxima sexta-feira (11), às 21h30, contra o Vitória, no Barradão.

Cruzeiro

O jogo

Diferentemente da gana exibida diante do América e do futebol de qualidade demonstrado contra o Brasil de Pelotas, o Cruzeiro fez um primeiro tempo sem inspiração alguma nesta terça-feira, vivendo de lampejos, como em chances desperdiçadas por Arthur Caíke e Jadsom Silva. Por outro lado, contou com a sorte, ao ver Bill perder uma oportunidade de ouro, sem goleiro.

Na segunda etapa, Felipão promoveu várias substituições, buscando dar uma renovada na equipe. Nada, porém, surtiu efeito. O CRB também não levou tanto perigo, e o empate sem gols foi um resultado justo.

CRB 0 X 0 CRUZEIRO
Motivo:
27ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Data: 8/12/2020 (terça-feira)
Estádio: Rei Pelé
Cidade: Maceió (AL)
Arbitragem: Dyorgines Jose Padovani de Andrade (ES), auxiliado por Eduardo Goncalves da Cruz (MS) e Vanderson Antonio Zanotti (ES)
Cartões amarelos: Luiz Paulo, Lucão, Reginaldo, Claudinei (CRB); Matheus Pereira, Jadsom Silva (Cruzeiro)

CRB
Douglas Borges; Reginaldo, Gum (Thalisson Kelven), Xandão e Luiz Paulo; Claudinei, Wesley (Moacir) e Diego Torres; Robinho (Hyuri), Bill (Luidy) e Lucão (Daniel Amorim)
Técnico Ramon Menezes

CRUZEIRO
Fábio; Cáceres, Manoel, Ramon e Matheus Pereira; Jadsom Silva, Adriano e Machado (Jadson); Arthur Caike (Patrick Brey), Welinton (Régis) e Rafael Sóbis (Marcelo Moreno)
Técnico: Felipão