Chegou ao fim a invencibilidade de Luiz Felipe Scolari nesta sua segunda passagem pela Toca da Raposa, assim como a série de nove partidas seguidas dos celestes sem perder (sete com Felipão à frente da equipe). O término desstas escritas se deu nesta sexta-feira (27), em função da derrota por 2 a 1 para o Confiança, no Mineirão, com um toque ‘atleticano’.

Emprestado ao time sergipano, o meio-campista Guilherme Castilho pertence ao Galo, e foi dos pés dele que saiu o gol que inaugurou o placar. Gol olímpico, diga-se de passagem. 

No intervalo do duelo, o próprio atleta foi questionado se, pelo fato de ser cria da base alvinegra (chegou à equipe júnior atleticana em 2019, vindo do Mirassol), o tento anotado nesta noite tem um gostinho especial. A resposta: “Sim, especial pra caramba. Estava passando perto deste gol olímpico. Estava errando alguns gols, e graças a Deus aconteceu hoje”, afirmou.

Fim da invencibilidade

O Cruzeiro vinha de nove partidas consecutivas sem derrota na Série B, sendo cinco empates e quatro vitórias. Desta série, foram quatro triunfos e três igualdades, sob a tutela de Felipão.

Foi também a primeira vez que o Confiança superou a Raposa na história do duelo.

Cruzeiro

O Cruzeiro conheceu sua primeira derrota sob o comando de Felipão em 2020

Confira abaixo a sequência invicta antes do duelo com o Confiança

11/10 - Oeste 0 x 0 Cruzeiro - Arena Barueri
16/10 - Cruzeiro 0 x 0 Juventude - Mineirão
20/10 - Operário-PR 0 x 1 Cruzeiro - Germano Krüger
25/10 - Náutico 1 x 1 Cruzeiro - Aflitos
30/10 - Cruzeiro 2 x 0 Paraná - Mineirão
6/11 - Botafogo-SP 0 x 1 Cruzeiro - Santa Cruz
9/11 - Cruzeiro 3 x 3 Guarani - Mineirão
20/11 - Cruzeiro 1 x 1 Figueirense - Mineirão
24/11 - Chapecoense 0 x 1 Cruzeiro - Arena Condá